Como usar sobreposição

Esquenta, esfria, esfria, esquenta… tudo no mesmo dia! E aí, com que roupa sair de casa? Nessa hora, a sobreposição de peças pode ser muito útil. Um look em camadas protege do frio da manhã e do início da noite, mas não deixa ninguém derreter de calor no meio do dia.

A graça da sobreposição é coordenar peças bacanas, sem detonar o look na medida em que cada camada é tirada e vestida de novo, ao longo do dia, de acordo com a mudança de temperatura. Por isso, nem pense em colocar aquela camisetinha bem surrada por baixo da produção toda!

Na hora de montar o look, vale misturar tecidos leves com outros mais pesados. Também é interessante coordenar estampas, cores, texturas, comprimentos, alturas de mangas, formatos de golas e decotes. O segredo é formar uma composição harmoniosa.

As peças-chave para as sobreposições são as camisas e camisetas, blazers, cardigans, suéters, trench coats, jaquetas jeans ou de couro, coletes… Na parte de baixo do look, vale usar, saias, calças, leggings… Enfim, há uma infinidade de opções. Tudo na coordenação pode ser igualmente importante e valioso!

A única ressalva para a sobreposição é que ela pode fazer a gente parecer mais cheia na parte de cima.  Sacada boa é sobrepor tecidos finos (alô camisas de seda!) e deixar sempre a última peça da coordenação aberta na frente, pra que o vão vertical que as duas abas formam ao longo do tronco se encarreguem de simular uma cintura beeem fininha. Fácil, né?!